O QUE É DRENAGEM

1

 

Podemos entender como DRENAGEM o ato de eliminar o líquido indesejável de um local. 

Na medicina, a drenagem é a inserção de dispositivos dentro do organismo humano para a retirada de líquidos que se acumulam na barriga ou algum órgão da pessoa. No futebol, a drenagem é a instalação de tubos e caixas por debaixo do campo para que em dias de chuva a água seja rapidamente eliminada do gramado não chegando a formar poças que venham a atrapalhar a realização de uma partida.

Na cidade, drenagem é a instalação de caixas, tubos, cortinas, bocas de lobo e outros dispositivos drenantes por debaixo da rua para que as águas de lavagem e as águas da chuva removam da rua detritos como fezes, pequenos lixos e outras "porcarias" como cuspe e mijo.

Uma rua com boa drenagem é uma rua limpa, sem cheiro e sem baratas e ratos passeando. Se há baratas e ratos é por que há restos de alimentos que não foram adequadamente removidos na lavagem ou não foram adequadamente recolhidos pelo coletor de lixo.

Diarréia, verminose e muitos outras doenças são transmitidas por vermes e germes contidos em fezes de pombas, morcegos e outros animais.  Veja outras doenças em http://www.ebanataw.com.br/roberto/telhado/tlh17.htm

Em dias de chuva as águas formam poças, corredeiras e enxurradas que atrapalham o caminhar seguro dos pedestres e podem até derrubar e arrastar pessoas que possuam baixa mobilidade como crianças, idosos e portadores de deficiência física.

Veja, no desenho seguinte, que parte da água da chuva corre pela superfície e a outra parte corre por baixo formando um rio subterrâneo conhecido como lençol freático. O lençol freático precisa aflorar (sair para a superfície) em pontos como Mina d'Água que vai formar poças onde se desenvolve um limo escorregadio, em pontos como crateras no pavimento do leito carroçável, em pontos como taludes e muros de arrimo "empurrando" o muro para fora e causando desastres.

Via Pública SEM Drenagem Urbana:

Não havendo Drenagem Urbana, as águas (superficiais e subterrâneas) produzem danos como:

Deslizamento de Encostas:
Enxurradas:
Inundações:
Abertura de Crateras:

Todos esses problemas ocorrem por que a via não possui a necessária e adequada Drenagem.

Estudar a drenagem de um local é analisar a adequação, em tamanho e em quantidade, dos diversos componentes da drenagem, como boca de lobo, cortina drenante, caixa de coleta, ramal coletor e galeria de drenagem, que possam efetuar de modo eficiente a eliminação das águas que podem causar transtornos e prejuízos à população.

Via Pública COM Drenagem Urbana:

Rede de Drenagem é o conjunto formado pelos dispositivos - caixas, tubos, galerias, etc. - que promovem a drenagem das águas de um local ou de uma região, tanto as águas superficiais como as águas sub-superficiais danosas.

Projeto de Drenagem é o estudo da projeção de uma situação simulada e o correto dimensionamento dos dispositivos que irão compor a Rede de Drenagem. No Estudo se leva em consideração o Período de Recorrência (também conhecido como Período de Retorno) que é o tempo em que se admite ocorrer uma enchente. Assim, se o Período de Recorrência for de 10 anos, estamos admitindo que a cada 10 anos podemos aceitar que ocorra uma enchente. No caso de estábulos e chiqueiros localizados na proximidade de rios é perfeitamente aceitável ocorrer essa inundação a cada 10 anos.

No caso de uma Hidrelétrica importante como a de Itaipú, o Período de Recorrência é de 10.000 anos (tecnicamente denominada Enchente Decamilenar). Assim, se garante que por maior que seja a chuva nos próximos 10.000 anos, não irá ocorrer qualquer danos à usina.

Deste modo, a engenharia precisa fixar o Período de Retorno e isso é feito em função da "importância" do local.

Este site não tem a pretenção de ensinar, mas não custa nada, você cidadão, conhecer um pouco sobre a Drenagem Urbana para saber que em muitos casos, as providências necessárias para se evitar as inundações são simples. Saiba a diferença entre bueiro e boca de lobo, veja quantas bocas de lobo deveriam ter na sua rua.

Critérios de Projeto é o conjunto medidas e limites previamente estabelecidos para o desenvolvimento do Projeto de Drenagem. Dependendo da importância econômica do local pode-se estabelecer critérios mais ou menos rígidos para a drenagem.

No caso das chuvas, um determinado Projeto de Drenagem pode levar em consideração o período de retorno na chuva em função da importância do local. Por exemplo, em um estábulo construído próximo de um rio podemos admitir que o mesmo seja inundado de vez em quando. Por que isso? Por que as obras necessárias para que o estábulo não seja nunca inundado envolveria um investimento financeiro alto que não valeria dispender num estábulo velho. Os Critérios de Projeto definem quais serão as chuvas que a drenagem devem atender e quais serão as chuvas que não serão atendidas pela drenagem.

Há também leis (federais, estaduais e municipais) obrigando os governos a realizarem obras de drenagem para dar aos moradores a segurança e a tranquilidade que merecem. Ninguém quer ser acordado na meio da madrugada por que o local está sofrendo uma inundação. Você conhece estas leis? Estas leis estão sendo obedecidas? http://www.ebanataw.com.br/drenagem/asleis.htm 

Por fim, entenda que não existe "cidadão de primeira" e nem "cidadão de segunda" todos são iguais e todos deveriam ser tratados da mesma forma. Se todos os habitantes de uma cidade devem ser tratados da mesma forma, então por que existem bairros com uma boa Rede de Drenagem e por que existem bairros sem nenhuma Drenagem Urbana? http://www.ebanataw.com.br/roberto/pericias/nexocausal.htm 

Procure, na sua rua, a Boca de Lobo que é a peça principal da Rede de Drenagem Superficial. Boca de Lobo, cadê você?

BOCA DE LOBO! CADÊ VOCÊ? BOCA DE LOBO! CADÊ VOCÊ? BOCA DE LOBO! CADÊ VOCÊ?

 

RMW\drenagem\oquee.htm em 18/12/2009, atualizado em 21/08/2013.