Prezados companheiros do grupo GEROI-Brasil:logoGEROIpequeno.JPG (7568 bytes)

FotoRMW.jpg (2736 bytes)

AS DOZE COMPETÊNCIAS

30/04/2007 / R-1 06/05/2007

logo2006.gif (6987 bytes)

      Eu tenho andado muito por aí e observado que

muitas pessoas não entenderam ainda a diferença entre Diretor e Dirigente. Então, aproveitei o ócio proporcionado pelo feriado prolongado de 1O de maio para divagar sobre a Nova Estrutura do meu Rotary.

 

AS DOZE COMPETÊNCIAS

Todo time de futebol tem 12 componentes. Não se joga futebol com menos de 12 membros e cada uma dessas 12 pessoas possui uma atribuição perfeitamente definida e o time é chamado de equipe justamente por causa dessas atribuições. Tirei algumas definições da Vikipédia (se você não conhece a Vikipédia, aproveite para conhecer esta fantástica Enciclopédia Aberta):

futebol.gif (10858 bytes)

As regras do futebol não determinam especificamente outras posições além do goleiro. Porém, com o desenvolvimento do jogo, um certo número de posições especializadas foi criada. As posições principais no futebol são:

As posições definem a área do campo de atuação de um jogador, mas não o prendem a ela. Jogadores podem trocar de posições, sendo isso bem frequente. Os goleiros têm uma mobilidade menos versátil por sua função, mas também podem participar de cobranças de faltas e escanteios.

O número de jogadores em cada posição define o esquema tático do time, sendo os mais comuns na atualidade o 4-4-2, o 3-5-2 e o 4-5-1. A seleção italiana, no entanto, foi campeã da Copa do Mundo Fifa 2006 utilizando o esquema tático 4-4-1-1. Os números indicam a ordem sequencial de jogadores nas posições: o 4-4-1-1, por exemplo, significa que a Itália jogava com 4 jogadores mais defensivos( incluindo zagueiros e laterais, que podem ser mais ofensivos, sendo aí chamados no Brasil de alas), 4 meias , 1 meia mais avançado e 1 atacante.

Como vêem, companheiros do GEROI, cada componente da equipe possui uma função muito clara para que o conjunto, por isso mesmo chamado  equipe, possa funcionar com eficácia.

Qual o objetivo de um jogo? Marcar gol. A quem compente, primordiamente, marcar o gol? Ao Centro-Avante. Como é feito gol? Através de um esquema tático. Quem define o esquema tático em cada ataque? O Capitão. Este é o único que além de jogar possui outra atribuição.

Um time que não marca gol não presta. Pode até ser um time maravilhoso composto por jogadores famosos e muito habilidosos, (EGD-Ex Grande Desportista e tudo o mais) mas se não marcar gol não presta. É o gol que conta no campeonato.

Todos jogam? Dos onze, todos jogam, mas dos 12 tem um que não joga. Fica só observando. É como o Patrão de uma competição à Remo. Ele não joga, mas participa. Observa, vê falhas. Observa o adversário. SIM, por que o jogo de futebol SEMPRE acontece CONTRA um adversário. Não existe jogo de futebol só, em que o time joga sozinho. Para dar tempo de observar e analisar o desempenho e as estratégicas do adversário existe o Técnico que vai repassando novas instruções ao Capitão, na medida em que se desenrola a disputa. Sim "disputa" pois só existe uma única bola em campo que é disputada pelos 22 jogadores em campo.

Na formação do time, é possível um jogador desempenhar um papel duplo, ou seja, jogar em duas ou mais posições? Não. Não é desejável. Pode até ocorrer a perda de um dos jogadores, por expulsão por exemplo, mas estando em campo os onze é desejável que cada um desempenhe bem a sua função individual.

Da mesma forma em que num simples time de futebol (levado a sério) há regras e estratégias que devem ser seguidas por todos, sem excessão, em um time de Rotary, traduzida para o portuguès como Clube de Rotary, existem regras muito claras que todos, sem excessão, devem seguir. Não sei se todos tem consciência, em um Rotary todos são iguais - Não existem nem Melhores nem Piores - Não existem Superiores nem Inferiores - Não existem Iniciantes nem Veteranos.

O Rotary também está no meio de uma "competição" tentando ganhar espaço no território onde atua junto com outras instituições comunitárias, igrejas, ONGs e tudo o mais. Em muitas cidades que eu conheci, o Rotary perde feio para a Maçonaria, Lions, etc. Recentemente passei, de raspão, por uma cidade que tem TRÊS Lions e NENHUM Rotary.

Para ter um funcionamento eficaz, o time de futebol, o governo, a igreja, o Rotary e todas as outras entidades eficazes possuem regras que devem ser obedecidas. Religiosamente obedecidas. Imaginem em uma certa igreja católica o pároco desenvolver a liturgia dissertando sobre o "Mistério da Santissima Quadrindade" pois, na visão dele, o "Primo" também faz parte da família além do Pai, do Filho e do Espírito Santo.

Algumas dessas regras estão escritas. É a famosa "Literatura Rotária", conjunto de apostilas que contém as ordens e as recomendações democraticamente discutidas e aprovadas pelos Delegados representantes de todos os distritos, em reunião especial realizada a cada três anos em Chicago ou outra cidade aprazível. Antes de amaldiçoar as "regras" do Rotary, tome satisfação com o Delegado que teve o privilégio de viajar até Chicago para votar a favor ou contra as Propostas apresentadas ao Conselho de Legislação.

"Apostila" por que são regras complementares e específicas que complementam a Literatura Fundamental, o Manual de Procedimento.

Outras dessas regras não estão escritas. São os famosos "Usos e Costumes", conjunto de regras locais também democraticamente aceitas por todos. Em dezembro, por exemplo, é costume se organizar um Festa de Confraternização de Final de Ano. Recomenda-se tomar o cuidado de não chamar a festa de "Festa de Natal" pois o Natal é uma festa religiosa comemorada apenas pelos Cristãos. Você pode até alegar que no "teu" clube todos, sem excessão, são católicos e praticantes mas esse tipo de afirmação irá impedir a entrada de não cristãos. Se você se der ao trabalho de fazer uma análise crítica dos "usos e costumes" do "teu" clube, verá que ele tem uma série de vícios desse tipo que vai passando de geração para geração e, assim, perpetuando-se.

No meu clube, por exemplo, era costume "explorar" os novos dizendo: "Você já foi Presidente? Você já foi Secretário? Você já foi Tesoureiro? - NÃO? - Então vai buscar outra cerveja na geladeira" - Coisa ridícula de boba.

Vivemos um momento meio conturbado em que coexistem dois conjuntos de regras em Rotary.

Um conjunto que podemos chamar de Regra 2001 e outro que podemos chamar de Regra 2007. A regra intermediária, ditada pela Edição 2004, não vou levar em consideração na presente análise pois contém um conjunto de regras de transição e que não é nem uma nem outra coisa.

A Regra 2007 nem todo mundo teve conhecimento ainda pois apenas os Presidentes a receberam. São Manuais Novos que tem na primeira página o alerta seguinte: "Esta é a edição de 2006 do Manual da Comissão de Administração do Clube, para ser usada pelos clubes em 2007-08, 2008-09 e 2009-10".

Talvez alguns companheiros não tenham tido conhecimento dessas Novas Edições por falha do clube. Pelas regras, o Presidente Eleito, ao retornar do PETS é obrigado a organziar uma Assembléia para "passar oficialmente" as diretrizes (Lema e ênfases) e as novidades (como os Novos Manuais) mas alguns Presidentes Eleitos, em vez de organizar uma Assembleia, resolvem fazer uma simples Palestra e relatam sobre as instalações do hotel o cardápio do almoço, etc. É uma pena. O clube teve 15 meses (de dezembro do ano anterior até fevereiro, antes do PETS, para "preparar" o Presidente Eleito. Já vi casos em que o Presidente Eleito, presente no PETS não sabia sequer o sgnificado da sigla PETS.

Pela Regra-2001, o Conselho Diretor de TODO ROTARY era formado pelos seguintes componentes básicos:

1 - Presidente
2 - Vice-Presidente
3 - Presidente Eleito
4 - Último Presidente
5 - Secretário
6 - Tesoureiro
7 - Diretor de Protocolo
8 - Comissão de Serviços Internos
9 - Comissão de Serviços Profissionais
10 - Comissão de Serviços à Comuniade
11 - Comissão de Serviços Internacionais

Como regras de Usos e Costumes, do Conselho podiam fazer parte ainda outros membros:

1 - Presidente
2 - 1O Vice-Presidente
3 - 2O Vice-Presidente
4 - Presidente Eleito
5 - Último Presidente
6 - 1O Secretário
7 - 2O Secretário
8 - 1O Tesoureiro
9 - 2O Tesoureiro
10 - 1O Diretor de Protocolo
11 - 2O Diretor de Protocolo
12 - 3O Diretor de Protocolo
13 - Comissão de Serviços Internos
14 - Comissão de Serviços Profissionais
15 - Comissão de Serviços à Comuniade
16 - Comissão de Serviços Internacionais
17 - Comissão de Atividades Pró-Juventude

totalizando, asism, 17 componentes. Um clube com 30 sócios, por exemplo, tinha 17 Caciques que mandavam e 13 Indios que trabalhavam. Não é de bom alvitre Cacique trabalhar pois perde-se a autoridade.

Na Regra-2007, o Conselho Diretor não tem uma quantidade de membros universalmente fixada. Cada clube tem a liberdade e autonomia para definir o número de componentes no Conselho e isso deve ser feito em função das caracterírsitcas locais de cada clube. Características sócio-economicas do território, uso e ocupação (mais residências X mais coméricio), tipos de carências comunitárias, etc.

Entende-se como Conselho Diretor o órgão máximo de uma organização. O órgão, que esgotadas todas as alternativas de julgamento, irá dar a "palavra final". Em termos de decisão, acima do Conselho só teremos a Assembléia com RECURSO de 2/3 dos presentes.

Não se deve encaminhar para decisão do Conselho, a discussão corriqueira como sobre o local em que vai ser feita a Festiva de Visita Oficial do Governador. Da mesma maneira não se pode esperar do Conselho a decisão sobre a data de realização da Reunão de Companheirismo que se pretende realziar no Sítio de um dos sócios. Por incrível que possa parecer, nas minhas andanças por esse Brasil afora, encontrei, e não foram poucos, clubes cujo Conselho discutia e deliberava sobre o cardápio da Festiva de Aniversário.

Conselho se reuni para Decisões Importantes como Expulsar ou não um companheiro por alguma falta cometida.

Além disso, o tamanho do Conselho deve ser compatível com o tamanho do clube. Não tem sentido um clube com 20 associados terem um Conselho com 17 membros. No mundo globalizado de hoje, o Conselho deve apresentar decisões rápidas e objetivas. Para isso deve ser enxuto e coeso.

E é por isso que no Novo Rotary um clube pode ter um Conselho de apenas 5 membros. Seria:

1 - Presidente
2 - Vice-Presidente
3 - Presidente Eleito
4 - Último Presidente
5 - Secretário

Os demais membros que "dirigem" as atividades do clube são denominados DIRIGENTES:

1 - Presidente
2 - 1O Vice-Presidente
3 - 2O Vice-Presidente
4 - Presidente Eleito
5 - Último Presidente
6 - 1O Secretário
7 - 2O Secretário
8 - 3O Secretário
9 - 1O Tesoureiro
10 - 2O Tesoureiro
11 - 3O Tesoureiro
12 - 1O Diretor de Protocolo
13 - 2O Diretor de Protocolo
14 - 3O Diretor de Protocolo
15 - Comissão do Quadro Social - Presidente
16 - Comissão do Quadro Social - 1o Membro
17 - Comissão do Quadro Social - 2o Membro
18 - Comissão de Projetos de Prestação de Serviços - Presidente
19 - Comissão de Projetos de Prestação de Serviços - 1o Membro
20 - Comissão de Projetos de Prestação de Serviços - 2o Membro
21 - Comissão da Fundação Rotária - Presidente
22 - Comissão da Fundação Rotária - 1o Membro
23 - Comissão da Fundação Rotária - 2o Membro
24 - Comissão de Relações Públicas - Presidente
25 - Comissão de Relações Públicas - 1o Membro
26 - Comissão de Relações Públicas - 2o Membro
27 - Comissão de Administração - Presidente
28 - Comissão de Administração - 1o Membro
29 - Comissão de Administração - 2o Membro

Pelo Princípio da Continuidade, qualquer membro que seja indicado como Segundo Membro em uma Comissão, será elevado, automaticamente (em eleição), para Primeiro Membro no ano rotário seguinte e depois para Presidente da comissão no últerior ano rotário.

Para efeito de Eficácia no Cargo, recomenda-se que o Presidente de uma determinada comissão não ocupe, simultaneamente no mesmo ano rotário, a presidência de qualquer outra Comissão.

Podemos pensar, então, em um número mínimo de sócios de um clube:

1 - Presidente
2 -
1O Vice-Presidente
3 - 2O Vice-Presidente
4 -
Presidente Eleito
5 -
Último Presidente
6 -
1O Secretário
7 - 1O Tesoureiro
8 - 1O Diretor de Protocolo
9 - Comissão do Quadro Social - Presidente
10 - Comissão de Projetos de Prestação de Serviços - Presidente
11 - Comissão da Fundação Rotária - Presidente
12 - Comissão de Relações Públicas - Presidente
13 - Comissão de Administração - Presidente

Veja, é bem possível se ter um clube com apenas 13 sócios. O Conselho fica com 5 componentes (que não põem a mão na massa) e mais 8 sócios que "tocam" os Projetos.

Essa questão de "não por a mão na massa" é muito importante principalmente quando pensamos na Imagem Pública do Rotary. Conhecida mundialmente pela sua "organização", não fica bem, em uma reunião na comunidade (igreja, associação comercial, etc.) o sr. Presidente do Rotary "pondo a mão na massa" mas quem "põe a mão na massa" deve ser a equipe formada pelo Presidente da Comissão de Projetos de Prestação de Serviço, com o apoio do Presidente da Comissão do Quadro Sociail, com o aval do Primeiro Tesoureiro e com a legalidade do Presidente da Comissão de Administração - Estando tudo (rotariamente) certo, o Presidente do clube apenas "bate o martelo". Que beleza! - isto sim é dar o exemplo de ação organizada - a Ação Rotária.

Quanto às Comissões, podemos ter um mesmo sócio presidindo várias Comissões? E isso é eficaz? É sim possível, e, dependendo da capacidade do companheiro, pode até ser eficaz. Então podemos visualizar um clube com menos sócios do aquele acima apresentado, ficando com o seguinte mínimo:

1 - Presidente
2 - 1O Vice-Presidente
3 - 2O Vice-Presidente
4 - Presidente Eleito
5 - Último Presidente
6 - 1O Secretário
7 - 1O Tesoureiro
8 - 1O Diretor de Protocolo
9 - Comissões - Presidente (a mesma pessoa)

Menos do que isso é totalmente inviável pois são cargos de atuação simultânea, exceto o de Vice-Presidente que deve existir, o de Presidente Eleito que não deve assumuir nenhum outro cargo para poder fazer o Planejamento da sua gestão e do Último Presidente que também não deve assumir cargo algum para poder "descansar". Então é viável ter um clube com apenas 9 sócios, desde que todos eles sejam líderes atuantes e muito eficazes.

Para fazer o Planejamento dos Cargos, sugerimos elaborar uma Planilha de Cargos conforme o modelo seguinte:

    P 1 2 PE PU SECRETÁRIO TESOUREIRO PROTOCOLO QS PPS FR RP ADM
              1 2 3 1 2 3 1 2 3 P 1 2 P 1 2 P 1 2 P 1 2 P 1 2
  SÓCIOS                                                          
1 João             X       X                                    
2 Fátima               X             X                            
3 Tereza

X

                                                       
4 Paulo                                                          
5 Sérgio                                                          
6 Celina                                                          
7 Antonio                                                          

Os sócios com cargos indicados no vermelho não podem ter outra indicação. Por exemplo, a Tereza será a Presidente, então não poderá assumir nenhum outro cargo no clube. Já no amarelo, poderá assumir outros cargos. Fátima será a Presidente da Comissão do Quadro Social e poderá ser a Terceira Secretária.

Para os demais quadros não há restrições. João vai ser o Segundo Secretário e poderá assumir tambémo cargo de Terceiro Tesoureiro. Mesmo não havendo restrições, lembro-se que pelo Princiípio da continuidade, o companheiro vai subindo, ano a ano, e um dia será o primeiro da comissão. Então deve haver incompatibilidade nessa ascenção.

Veja também como fica o organograma em botaoQV.gif (478 bytes)


NÃO INVENTEM - Não queiram entender de Estrutura Organizacional mais que o board do Rotary International.

Lembrem-se que as antigas Comissões: Serviços Internos, Profissionais, Comunidade e Internacionais foram absorvidas pelas novas Comissões Permanentes. Favor não confundir, como é comum, Comissão com Avenida. São duas coisas totalmente distintas - Conceitualmente distintas. As Avenidas de Serviços como têm sido incansavelmente repetida nos últimos 3 anos (lembrem-se que o PLC foi oficialmente lançado em março de 2004) CONSTITUEM A BASE FILOSOFICA DO ROTARY e devem permear todas Ações Rotárias.

No site www.geroi.org.br/novorotary você encontrará farto material sobre o Plano Estratégico, sobre o Plano de Liderança Distrital e sobre o Plano de Liderança de Clube. Atualize-se!

ORGANIZAÇÃO BASEADA NA ESTRUTURA MATRICIAL

A nova estrutura, baseada na matricialidade em que coexistem o OBJETIVO e a MISSÃO de um Empreendimento é de difícil digestão principalmente por companheiros que não estão atualizados com o Processo de Globalização (não da economia) da Produção que introduzem conceitos novos como Recursos Humanos, Reengenharia, Kanban, Kaizen e 5S. Lembrem-se que é exatamente isso que propiciou à Toyota passar à frente da GM.

Companheiros! Atualizem-se. Peçam para o Diretor de Programação do clube para convidar profissionais atuantes para apresentar painéis sobre Kanban, Kaizem e 5S em reuniões do clube, se possível, façam um curso.

Não "inventem" como já vi em muitos clubes, manter as Comissões antigas como comissões principais do clube junto com as Permanentes. Fica uma estrutura muito difícil de administrar:

1 - Presidente
2 - 1O Vice-Presidente
3 - 2O Vice-Presidente
4 - Presidente Eleito
5 - Último Presidente
6 - 1O Secretário
7 - 2O Secretário
8 - 3O Secretário
9 - 1O Tesoureiro
10 - 2O Tesoureiro
11 - 3O Tesoureiro
12 - 1O Diretor de Protocolo
13 - 2O Diretor de Protocolo
14 - 3O Diretor de Protocolo
15 - Comissão do Quadro Social - Presidente
16 - Comissão do Quadro Social - 1o Membro
17 - Comissão do Quadro Social - 2o Membro
18 - Comissão de Projetos de Prestação de Serviços - Presidente
19 - Comissão de Projetos de Prestação de Serviços - 1o Membro
20 - Comissão de Projetos de Prestação de Serviços - 2o Membro
21 - Comissão da Fundação Rotária - Presidente
22 - Comissão da Fundação Rotária - 1o Membro
23 - Comissão da Fundação Rotária - 2o Membro
24 - Comissão de Relações Públicas - Presidente
25 - Comissão de Relações Públicas - 1o Membro
26 - Comissão de Relações Públicas - 2o Membro
27 - Comissão de Administração - Presidente
28 - Comissão de Administração - 1o Membro
29 - Comissão de Administração - 2o Membro
30 - Comissão de Serviços Internos - Presidente
31 - Comissão de Serviços Internos - Membro
32 - Comissão de Serviços Profissionais - Presidente
33 - Comissão de Serviços Profissionais - Membro
34 - Comissão de Serviços à Comunidade - Presidente
35 - Comissão de Serviços à Comunidade - Membro
36 - Comissão de Serviços Internacionais - Presidente
37 - Comissão de Serviços Internacionais - Membro

NOTA: Antes, as comissões tinham que ter no mínimo 2 membros. Agora o mínimo são 3 companheiros.

CADÊ OS PARCEIROS?

Agora, estou vendo que esqueci de importantes PARCEIROS, sem os quais o "meu" Rotary não existiria. Então resolvi premiá-los também. A Estrutura do Meu Clube ficaria assim:

1 - Presidente
2 - 1O Vice-Presidente
3 - 2O Vice-Presidente
4 - Presidente Eleito
5 - Último Presidente
6 - 1O Secretário
7 - 2O Secretário
8 - 3O Secretário
9 - 1O Tesoureiro
10 - 2O Tesoureiro
11 - 3O Tesoureiro
12 - 1O Diretor de Protocolo
13 - 2O Diretor de Protocolo
14 - 3O Diretor de Protocolo
15 - Comissão do Quadro Social - Presidente
16 - Comissão do Quadro Social - 1o Membro
17 - Comissão do Quadro Social - 2o Membro
18 - Comissão de Projetos de Prestação de Serviços - Presidente
19 - Comissão de Projetos de Prestação de Serviços - 1o Membro
20 - Comissão de Projetos de Prestação de Serviços - 2o Membro
21 - Comissão da Fundação Rotária - Presidente
22 - Comissão da Fundação Rotária - 1o Membro
23 - Comissão da Fundação Rotária - 2o Membro
24 - Comissão de Relações Públicas - Presidente
25 - Comissão de Relações Públicas - 1o Membro
26 - Comissão de Relações Públicas - 2o Membro
27 - Comissão de Administração - Presidente
28 - Comissão de Administração - 1o Membro
29 - Comissão de Administração - 2o Membro
30 - Comissão de Serviços Internos - Presidente
31 - Comissão de Serviços Internos - Membro
32 - Comissão de Serviços Profissionais - Presidente
33 - Comissão de Serviços Profissionais - Membro
34 - Comissão de Serviços à Comunidade - Presidente
35 - Comissão de Serviços à Comunidade - Membro
36 - Comissão de Serviços Internacionais - Presidente
37 - Comissão de Serviços Internacionais - Membro
38 - Comissão de Parceria - Casa da Amizade - Presidente
39 - Comissão de Parceria - Casa da Amizade - Membro
40 - Comissão de Parceria - ROTARACT - Presidente
41 - Comissão de Parceria - ROTARACT - Membro
42 - Comissão de Parceria - INTERACT - Presidente
43 - Comissão de Parceria - INTERACT - Membro
44 - Comissão de Parceria - ROTAKIDS - Presidente
45 - Comissão de Parceria - ROTAKIDS - Presidente
46 - Comissão de Boas Vindas - MENTOR ROTÁRIO - Presidente
47 - Comissão de Boas Vindas - MENTOR ROTÁRIO - Membro
48 - Comissão de Boas Vindas - PADRINHO - Presidente
49 - Comissão de Boas Vindas - PADRINHO - Membro

Este sim é um Conselho Diretor Grande, Forte e Atuante - Consolida todas as tendências do clube, situação e oposição. Não tem como o meu clube não ser eficaz.

NOTA: Desejando que a cor de fundo apareça na impressão, Altere: Painel de Controle / Opões da Internet / Avançada / Impressora / Imprimir cor e imagens de fundo.

Esta é uma página pessoal que contém uma opinião essencialmente pessoal a cerca do tema Diretor e Dirigente.
As opiniões são, no fundo, "provocações" feitas aos nobres companheiros rotarianos e são baseadas em contatos, estudos e experiências pessoais e vale-se da liberdade proprocionada pela WEB. Ninguém é obrigado a aceitar, nem se pretende afirmar que as opiniões aqui colocadas sejam verdadeiras. Agora, se você gostou, pode imprimir, copiar e divulgar à vontade.
Roberto Massaru Watanabe
membro do Rotary Club de São Paulo - Tatuapé - EMAIL: roberto@ebanataw.com.br. Watanabe é engenheiro e como tal participou do projeto das grandes obras da engenharia nacional como a Rodovia dos Imigrantes e as hidrelétricas de Ilha Solteira, Itaipú e Tucurui. Nesses empreendimentos, adquiriu muita prática na organização e condução de grandes equipes.

RMW\GEROI\pensadores\watanabe\asdozecompetencias.htm em 30/04/2007, atualizado em 23/05/2009 .

    RMW-5597-12/04/2024