AS PATOLOGIAS (DOENÇAS?) DAS EDIFICAÇÕES

O engenheiro Roberto Massaru Watanabe que trabalhou nos mais variados tipos de obras como estradas, viadutos, hidrelétricas, fábricas, prédios, sobrados e casas, apresenta uma colcha de retalhos mostrando os diversos tipos de problemas que afligem os moradores de casas e prédios.

As Patologias das Edificações são fenômenos bem mais comum do que você imagina ....

Os prédios e as casas são construídas para proporcionar, ao ser humano, proteção, conforto e bem estar.

PatolF1.jpg (21602 bytes)

Clique aqui para saber o que é Conforto Térmico e Salubridade.

Clique aqui para conhecer o professor Watanabe, autor deste site sobre As Patologias das Edificações
Clique aqui para saber por que o ráio cai sobre o jogador que está correndo mais no campo de futbelo.

As patogenias são problemas que se instalam nas edificações e que a tornam doentia. Na sua evolução, pode ocorrer uma deterioração das partes afetadas e até mesmo a ruptura, comprometendo a estabilidade da edificação.
Em outras palavras, às vezes, uma simples mancha ou uma pequena trinca pode ser o sinal de que algo grave está acontecendo com o prédio.

Certas patogenias causam, nas pessoas, sensações desagradáveis do tipo: mal cheiro, aspecto desagradável, sensação de insegurança, falta de ar, calor, etc.
VEJA MAIS

Colônias de microorganismos já instalados em parede úmida.

Podem também provocar noites mal dormidas. Você acorda com dores pelo corpo todo e acha que o culpado é o colchão.
VEJA MAIS

A Lixiviação é um processo patológico em que o cimento é dissolvido pela água e é carregado para fora da laje. 

As causas são diversas, podendo ser desde a acidez da água da chuva até certos tipo de detergente empregados na lavagem do piso.

Perdendo cimento, o concreto vira, com o tempo, só areia. Então as placas do revestimento começam a soltar-se.

Na lixiviação formam depósitos de carbonato que grudam firme no piso e são impossíveis de serem removidos. 
Veja um caso na foto ao lado.

Foto de um Processo de LIXIVIAÇÃO em andamento.

Muitas das patogenias originam-se durante a elaboração do projeto. Profissionais mal preparados ou com formação em outro país não conhecem as características climáticas, de insolação e regime dos ventos do Brasil onde encontramos uma variedade climática muito diversificada. Até bons profissionais erram quando não leva em consideração as Mudanças Climáticas ocorridas nas últimas décadas. Veja matéria no jornal O Estado de S Paulo
Além disso os materiais e os processos construtivos diferem muito, nosso cimento é muito diferente do europeu, nossas casas são construídas com tijolos ou blocos e nos EUA as casas e sobrados são todas de madeira e assim por diante existem muitas diferenças. Veja mais detalhes sobre o concreto em
Outras patogenias surgem ao longo da vida do prédio - materiais como madeira apodrecem, ficam fracos e caem. Até o concreto, dependendo das circunstâncias, apodrece. Veja um caso de fundação que apodreceu.
Há também casos em que a "faculdade" olha apenas os aspectos físicos do prédio e não falam das necessidades do metabolismo do ser humano que nele vai viver. Não basta o prédio ser bonito e funcional - deve ser bom para a vida saudável no interior dele, isto é, é necessário ver a habitabilidade da edificação.

 

Vamos tomar o cuidado de não chamar de "patologia" qualquer problema no prédio. Patologia de prédio é o estudo das patogenias (doenças) que se instalam no prédio e que precisam receber uma profilaxia (tratamento) para serem erradicadas. Da mesma forma com que uma pessoa com o braço quebrado não está "doente", uma viga trincada não é patogenia e muito menos uma patologia.

Não gosto de peixe frito porque quando eu faço, a casa fica empestiada de cheiro de peixe durante vários dias. A disposição dos cômodos deve considerar a direção predominante dos ventos - clique aqui.

Infiltração de água no teto do apartamento.

Venezianas do dormitório com frestas pequenas não proporcionam uma boa renovação do ar noturno.
Estado avançado de patogenia causada por microorganismos. Infelizmente, esse defeito não tem solução fácil pois é um defeito de projeto. Não havendo renovação do ar ambiente, haverá, como conseqüencia, o aumento de concentração de gás carbônico no quarto.

Eu sei que o corpo humano precisa de oxigênio para o seu metabolismo, mas quanto oxigênio ele precisa?

Mas é possível realizar intervenções localizadas para solucionar este problema.
As janelas da cozinha, do banheiro e da lavanderia devem ter dispositivo para ventilação permanente. Depois de tomar banho, abra a janela do banheiro para permitir a renovação do ar - veja mais. Veja como é prejudicial ficar num ambiente que não renova bem o ar. CLIQUE
Não se pode relaxar ou descuidar com a manutenção.

Quando o mato aparece é tarde de mais.

As raízes já estão atacando a impermeabilização da laje.

Daqui a pouco vai começar a pingar água no teto da garagem.

Manutenção deficiente.
A foto mostra o mato crescendo entre as placas de revestimento do piso na entrada do prédio, sobre a laje da garagem.

Dê uma olhada na sua cozinha.

As cortinas, mesmos as mais bonitas, também dificultam a renovação do ar noturno. Melhor é abrir as cortinas antes de dormir.

O teto é alto e as janelas não chegam até o teto?

Não tem exaustor ou, se tem, não está instalado junto ao teto? Você instalou um ventilador de teto para refrescar o ambiente?

 

Você começa a sentir-se mal por respirar esse ar viciado - VEJA MAIS

O ventilador de teto fica jogando o ar viciado de volta na cabeça das pessoas.

PatolF13.jpg (13925 bytes)

Não espere chegar a um estado de calamidade pois muito antes disso pode ser que a sua própria saúde já "tenha ido pro brejo".

Muitas das patogenias da construção podem causar doenças nas pessoas.

A maior parte das patologias de prédios tem solução se detectadas a tempo.

Não vá atrás de conversa de curiosos. Procure um profissional qualificado, isto é, um Patologista de Edificações.

Clique aqui para ver mais detalhes sobre Trincas, Fissuras e Rachaduras. Clique aqui para ver mais sobre cozinha abafada, igreja abafada e salão abafado.

Consulte um especialista. Consulte um especialista. Consulte um especialista. Consulte um especialista. Consulte um especialista.

Veja abaixo uma coletânea de casos interessantes ...

PORQUE DORMIMOS?

Dormi feito uma pedra e acordei com dores horríveis no corpo todo.

Eu acho que o colchão não é adequado para o meu corpo.

Pode existir outra causa que afeta a qualidade do nosso sono?

MANCHAS DE UMIDADE

Tem uma mancha preta no teto.

Já consertamos o vazamento do esgoto.

Mas, já se passaram vários meses e a mancha continua. Será que o problema não tem solução?

VAI FALTAR ÁGUA NA GRADE SÃO PAULO?

A água é um bem escasso que fica mais difícil a cada dia que passa.

A questão da economia de água se resume numa campanha ou na educação para mudar nossos hábito?

ASFALTO X MACACO

Antes de existirem as cidades, o chão era coberto de mato. Quando chovia, a água tinha a chance de infiltrar no sub-solo e não ia inundar os rios.

Existem outras alternativas para o pavimento da via pública?

CONFORTO TÉRMICO NAS FÁBRICAS

Minha fábrica é quente e abafada.

Já instalaram ventiladores, dutos, exaustores, etc. mas o problema continua.

O pior que a produtividade anda caindo.

TINTA QUE DESCASCA

Já pintei essa parede um monte de vezes mas depois de alguns meses a tinta começa a descascar.

É a tinta que não consegue grudar na parede ou é a parede que não deixa a tinta grudar?

VISTORIAS E PERÍCIAS

Saiba a diferença que existe entre Vistoria, Inspeção, Perícia, Avaliação, Parecer, Mediação e Arbitragem.

Conheça o trabalho de um especialisata.

 

ESCAVAÇÃO E CONSTRUÇÃO DEBAIXO DE ÁGUA

Você já ouviu falar de Rebaixamento de Lençol Freático?

Como é construído um túnel debaixo do mar? Como foi construído o Túnel sob o Canal da Mancha?

 

VAZAMENTO DE ÁGUA NA RUA NÃO É PROBLEMA MEU

Há um vazamento de água na rua bem em frente à minha casa.

Os carros que passam por lá espirram água na parede da minha casa. Já cansei de reclamar para a concessionária de água.

POR QUE SURGEM CRATERAS NO MEIO DA RUA

Por que será que somente quando chove é que aparecem crateras no meio da rua.

Veja qual é a finalidade e qual deveria ser a composição do Leito Carroçável.

MANUAL DO USUÁRIO

Sua casa ou apartamento tem Manual do Usuário?

Você sabia que a Construtora tem a obrigação de entregar um exemplar do Manual do Usuário?

FUNDAÇÕES, SAPATAS, ESTACAS E TUBULÕES

O que segura o prédio no lugar.

Como é feita a fundação de uma ponte dentro de um rio?

TRELIÇAS

Você já ouviu falar de treliça? E de estrutura treliçada?

Sabia que a maior parte das estruturas no mundo é feita de triliças?

Sabia também que o cálculo de uma treliça é muito simples?

Veja aqui as grandes oportunidades profissionais para o Calculista de treliças.

CONCRETO ARMADO

Você já deve ter ouvido falar de concreto, é claro.

Mas sabia que para fazer um bom concreto não basta misturar cimento com areia e água?

Dependendo do tipo de estrutura há um traço específico para o concreto.

Além do mais, as propriedades do concreto podem ser melhoradas com a adição de aditivos.

O PRÉDIO NÃO VAI CAIR SÓ POR CAUSA DESSA MINÚSCULA TRINCA

Existe uma pequena trinca na parede.

Mas como ela é bem pequena eu acho que não vai acontecer nada.

As trincas podem ser o indício de que alguma coisa não está bem na minha casa?

A minha casa pode cair?

Ai que calor!

Não há quem aguente esse mormaço. Está muito abafado.

Temos que instalar um ventilador para refrestar o ambiente.

O ventilador realmente refresca o ambiente?

O ventilador engorda as pessoas?

RAIOS!

Vai começar uma tempestade daquelas.

Está se formando uma grossa nuvem escura no céu.

Quais são os perigos que a gente corre e onde devo procurar abrigo? É seguro ficar debaiso de uma árvore? Ou é melhor sair correndo para sair logo da chuva?

VENTO

Muitos desastres com desmoronamentos e mortes acontecem em dias de chuva e ventania. Por que será?

Fácil. O projetisto nem sempre se lembra de considerar a ação do vento. Leva tudo em consideração: peso dos móveis, das máquinas, das pessoas pulando. Émuito comum se projetar o telhado sem considerar que a telha molhada é bem pesada.

Saiba o que é  Conforto Térmico  em uma Fábrica.
Conheça os Tipos de Fundações mais empregados.
Saiba o que é Rebaixamento do Lençol Freático e como ele pode afetar a sua casa.
Sua casa fica perto de um barranco? Veja se há riscos de desbarrancamento.
É possível contratar um SEGURO para a obra que estou construindo?
Os telhados são construídos para não deixar chover dentro de casa nos dias de chuva. Então, por que os telhados caem justamente nos dias de chuva? Seria um paradoxo? Ou a ira dos deusses?
Consulte um especialista. Consulte um especialista. Consulte um especialista. Consulte um especialista. Consulte um especialista.
Clique aqui   para conhecer o trabalho de um especialista.
Saiba a diferença que existe entre Vistoria, Inspeção, Perícia, Avaliação, Parecer, Mediação e Arbitragem.
Você já ouviu falar de A.R.T.? Não? Então saiba o que é Anotação de Responsabilidade Técnica

Senhores arquitetos e engenheiros: Procure desenvolver os seus projetos de forma que não venham a facilitar o surgimento de patologias no futuro.
Consulte a equipe do
professor Watanabe sobre as datas das próximas turmas do curso de Patologias em Edificações:

Senhores síndicos, administradores de condomínios e proprietários de apartamentos.
Tem muita construtora, empreiteira, pedreiro, encanador e eletricista fazendo "milagres" mas que não funcionam e o problema volta, muitas vezes pior do que antes. O tal do "jeitinho brasileiro" não funciona nas instalações prediais e o problema tem que ser resolvido, tecnicamente resolvido.
Não se deixe enganar.
Uma Vistoria não é uma coisa tão cara que não se possa contratar e vai economizar muito dinheiro pois tem condições de resolver o problema de forma definitiva. 
Consulte a equipe do
professor Watanabe sobre as alternativas existentes para encaminhar o seu problema.
Peça já um orçamento, sem nenhum compromisso.
 
 

Desejando falar comigo, ligue já pois amanhã poderá ser tarde demais (011) telefone.jpg (2244 bytes)

 

[#NNNN#] - ET6/www/roberto/patologias/idxPAT.htm em 17/06/2000, atualizado em 17/11/2014.